quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Garantia de Morte (Death Warrant - 90)


Depois de ver obras sensíveis e refrescantemente originais como "(500) Dias Com Ela" e "Fados", é bom voltar a sentar no sofá e curtir um filme que, apesar de um tanto rústico, também te põe em estado de Alfa, embora de uma maneira ligeiramente diferente. Deixando de lado a beleza e sentimento do fado ou das consequencias agridoces do amor, nada melhor do que ver Jean Claude Van Damme numa prisão de segurança máxima comendo o pão que o diabo amassou em "Garantia de Morte", com direito a ameaças de sodomia, chutes na cara e outras gentilezas.

No filme ele interpreta o obstinado policial Louis Burke, que após o fim de um longo e complicado caso, a captura do perigoso serial killer Sandman (o magnífico Patrick Kilpatrick), conhecido na dublagem brasileira "João Pestana", resolve aceitar uma perigosa missão: infiltrar-se numa prisão onde tem acontecido uma série de misteriosas e aparentemente não relacionadas mortes de detentos. Contando apenas com a ajuda da bela advogada Amanda Beckett (Cynthia Gibb), ele vai ter que andar no sapatinho e, eventualmente, baixar o sarrafo nos colegas de cela para não ser descoberto. Mas ele vai descobrir que toda uma trama envolvendo prisioneiros e os guardas da prisão, como o cruel Sargento Burke (interpretado pelo também incrível Art LaFleur).


Até que prum filme do Deran Serafian, atualmente diretor de séries de TV, como a premiada "House", com roteiro de, pasmem, David Goyer, que não conseguiu dar a mesma graça a franquia Blade ou ao Batman, "Garantia de Morte" se sustenta muito bem. Na verdade é um dos melhores veículo do Van Damme antes de ser lançado ao topo de Hollywood. Aliás, como já diziaalguém disse nos comentários do blog Cine Demência de Leopoldo Tauffenbach, em sua postagem homenageando Chong Li, o Van Damme sempre contou com vilões interessantes para duelar ao fim de seus filmes, e esse não é excessão. O Ameaçador Kilpatrick dá ao seu "João Pestana" uma dignidade que poucos vilões indestrutíveis estilo Jason conseguem ter, conquistando merecidamente seu lugar no "Hall dos Inimigos do Van Damme". Uma pena que Hollywood prefira dar papéis importantes a sujeitos "carismáticos" e "talentosos" como Keanu Reeves ou Orlando Bloom do que a indivíduos como Kilpatrick.

Em suma, contando com personagens carismáticos como o velho Hawkins (Robert Guillaume), o bizarro Padre (Abdul Salaam Razzac), a bonitinha Amanda de Cynthia Gibb e os citados Burke e o temível Sandman e até mesmo alguns diálogos bem simpáticos, embora lugar comum (temos até o cansado "Isso é uma ameaça? Não, é uma promessa" saindo das bocas dos personagens), poucos filmes de prisão possuem o mesmo clima de dureza e diversão que este aqui.  Para assistir com sua namorada depois de ela te obrigar a ver o novo filme da franquia "Crepúsculo".

Trailer Cannon Style:

6 comentários:

Just Daniel disse...

Perdi a conta das vezes q aluguei esse filme quando moleque.

E quantas vezes eu vi na tv dublado: "Eu não pago. Eu não transo!"

Ronald Perrone disse...

Este foi um dos filmes do Van Damme mais obscuro pra mim... acabei nunca alugando e devo ter assistido umas duas vezes só na infância. Mas minhas lembranças são boas!

Pedro Pereira disse...

Nem me lembrava deste! Tenho de arranjar uma cópia.

Carol Bonando disse...

Q massa!! saudade de vc no meu blog.
Lembra do post ESPELHO?B
Filmei, virou um curta e está no meu blog, venha conferir e me diga o que achou.
Abraço

Raphael Café disse...

Olá Luis, tudo bem? Adorei o teu blog de cinema!

Sou colaborador do site cinedica.com.br e gostaríamos de comentar que no dia 17 de janeiro, as 22 horas, iremos agitar um bate papo em nosso site em função da cerimônia do globo de ouro e gostaríamos muito de contar com a presença de vocês e de seus usuários.
Nosso site é feito por amantes e para amantes da sétima arte. Somos contra a pirataria e amamos falar sobre cinema.
Dia 17 é um dia especial pois a cerimônia será mostrada ao vivo via canal TNT e não existe um lugar onde quem curte essa premiação possa debater via mensagens, os acontecimentos, ao vivo, que se seguem.
Gostaríamos de saber se você pode nos ajudar com a divulgação desta nossa iniciativa.
Nós rodamos a internet para encontrar sites interessantes e que fazem parte de nossa filosofia.
Você pode conhecer um pouco desta idéia pelo link: http://www.cinedica.com.br/filmes/cinefest.php
Desde já agradecemos e aguardamos uma resposta.

Atenciosamente, equipe CineDica.

rp@cinedica.com.br
raphaelcamacho@gmail.com

Ted Boy disse...

O filme é realmente otimo!!!!
Porrada e caras feias o tempo todo!

Um dos melhores dele!!!